Ir para conteúdo

Curitiba amplia a experiência turística e o E-book de Acessibilidade destaca 5 novos locais

turismo

  • turismo
  • turismo
  • turismo
  • turismo
  • turismo
  • rua XV

A mais recente edição do E-book de Acessibilidade dos Atrativos Turísticos de Curitiba chega trazendo cinco novos locais: Parque Barigui, Parque Tingui, Setor Histórico/Largo da Ordem, Calçadão da Rua XV de Novembro e Mercado Municipal. O guia conta com 15 espaços mapeados.

Os outros são: Memorial Paranista, Museu Oscar Niemeyer, Jardim Botânico, Ópera de Arame, Cine Passeio, Rua 24 Horas, Passeio Público, Memorial Árabe, Torre Panorâmica e Parque Tanguá.

A iniciativa é liderada pelo Grupo de Trabalho de Acessibilidade, Sustentabilidade e Mobilidade e Transporte, do Ecossistema Curitiba DTI, com a colaboração técnica do Instituto Municipal de Turismo e parceria com o Departamento do Direito da Pessoa com Deficiência da Prefeitura de Curitiba.

Inteligência e acessibilidade

Na cerimônia do World SmartCity Awards 2023/Fira Barcelona, Curitiba foi agraciada com o título de Cidade Mais Inteligente do Mundo. Este reconhecimento internacional destaca o compromisso da Prefeitura em tornar seus espaços públicos mais acessíveis, reforçando uma estratégia para aprimorar a qualidade de vida dos cidadãos.

O sucesso deste esforço é visível nos programas Rosto da Cidade e Caminhar Melhor, que direcionam investimentos significativos para melhorar a acessibilidade nas calçadas, edifícios públicos e parques. Além de promover a inclusão, estas iniciativas impulsionam o conceito de Destino Turístico Inteligente (DTI), garantindo uma experiência inesquecível para todos os visitantes.

Transformação

Os pontos turísticos icônicos de Curitiba também estão sendo transformados. Ônibus de dois andares, acessíveis para cadeiras de rodas, já atendem os principais destinos, e em breve oferecerão informações em Libras. O programa Curitiba na Palma da Mão utiliza miniaturas em 3D dos principais atrativos para proporcionar uma experiência única aos turistas com autonomia reduzida.

No coração da cidade, o Jardim Botânico recebeu investimentos expressivos, totalizando R$ 3,9 milhões, para tornar-se mais acessível. O Bosque Alemão, com um investimento de R$ 1,7 milhão, está passando por transformações para que seus caminhos sejam mais acessíveis para cadeirantes. A Rua XV de Novembro, charmosa com seu famoso calçadão, tem faixa tátil para auxiliar na locomoção de pessoas com deficiência visual.

O Memorial Paranista, concebido como um espaço totalmente acessível, destaca-se não apenas por suas obras de arte, mas também por banheiros exclusivos, identificação por QR Code e braille. O Cine Passeio, inaugurado em 2019 com R$ 7,1 milhões de investimento, é um cinema inovador e inclusivo, oferecendo recursos como audiodescrição e tradução em Libras nas sessões regulares.

O programa Caminhar Melhor tem sido essencial na transformação das calçadas de áreas turísticas em Curitiba, com investimentos que ultrapassam R$ 14,6 milhões desde 2017. Durante a temporada de Natal, a cidade manteve seu compromisso com a acessibilidade, oferecendo prioridade de atendimento a idosos e pessoas com deficiência em todas as atrações.

Curitiba, em constante evolução, firma-se como referência mundial em inteligência urbana e acessibilidade, transformando-se não apenas em uma cidade inteligente, mas em uma cidade para todos.

Quer compartilhar?