Ir para conteúdo

Curitiba se destaca com o Natal e como destino turístico e negócios

Turismo

  • Turismo
  • Turismo
  • Turismo
  • Turismo
  • Turismo
  • Turismo
  • Turismo
  • Turismo
  • Turismo
  • Turismo
  • Turismo
  • Turismo
  • Turismo
  • Turismo
  • Turismo
  • Turismo
  • Turismo
  • Turismo
  • Turismo
  • Turismo
  • Turismo
  • Turismo
  • Turismo
  • Turismo
  • Turismo
  • Turismo
  • Turismo
  • Turismo
  • Turismo
  • Turismo
  • Turismo
  • Turismo
  • Turismo
  • Turismo

 

Nos últimos quatro anos Curitiba vem se consolidando como destino turístico e de negócios. Com média de 7,2 milhões de visitantes, é a cidade que mais recebe turistas no Paraná, chegando a 5,8 milhões em 2019. Os números a consolidam também como o terceiro destino de turismo de negócios entre estrangeiros, atrás apenas de São Paulo e Rio de Janeiro.

“Além do expressivo crescimento no número de visitantes, cabe destacar a satisfação dos turistas que visitam a nossa cidade”, salienta Tatiana Turra, presidente do Instituto Municipal de Turismo.

Ações como melhorias na Linha Turismo, apoio e desenvolvimento do setor criativo da cidade e a consolidação do calendário de programações do Natal fortaleceram o destino no cenário nacional e internacional. Nas últimas três edições do Natal de Curitiba – Luz dos Pinhais, foram movimentados cerca de R$ 185 milhões, apenas pelos turistas que visitaram a cidade.

A redução da alíquota do ISS de 5% para 2% nos eventos, sancionada pelo prefeito Rafael Greca no fim de 2017, começou a valer em 2018 e já refletiu em um crescimento de 8,3% no número de eventos realizados na capital em 2019.

Linha Turismo

Desde 2017, a atração já recebeu cerca de 1,8 milhões de embarques e passou por melhorias.

O trajeto foi ampliado com dois novos pontos no bairro Santa Felicidade. Houve reativação do ponto de parada no Bosque do Papa, pela Rua Mateus Leme. Além disso, dois outros pontos tiveram mudança de localização, um perto da Prefeitura e outro no Museu Oscar Niemeyer.

Em março de 2019, a Urbs implantou o cartão-transporte para facilitar o embarque dos passageiros. Com validade de 24 horas, o cartão permite agora reembarques em qualquer ponto de parada durante esse prazo. 

A linha também recebeu áudios em francês. E durante outubro, novembro e dezembro de 2019, moradores de Curitiba tiveram tarifa especial (R$ 4,50) para fazer o passeio. O valor normal da tarifa aplicada é de R$ 50.

Torre Panorâmica

A atração ganhou nova pintura, bancos e floreiras, ombrelones na entrada para proteger os visitantes. O quadro de atendentes também foi ampliado e as mudanças proporcionaram uma melhor experiência aos turistas.

Curta Curitiba reposicionado

O reposicionamento da marca do turismo de Curitiba levou em conta o histórico e as características da cidade, o novo perfil do turista, muito mais exigente e em busca de conhecimentos e experiências. Um plano de marketing foi contratado para o desenvolvimento da nova marca, concebida a partir de uma extensa pesquisa. O slogan “Uma cidade a cada esquina” sintetiza o novo enfoque.

#CuritibaSuaLinda e a economia criativa

A inauguração da primeira loja #CuritibaSuaLinda foi em setembro de 2018. A rede oferece produtos que levam a identidade da cidade. Há lojas no Palacete Wolf, na Torre Panorâmica, no Mercado Municipal, na Casa Davi Carneiro e no início de dezembro de 2020 foi inaugurada a quinta loja da rede no Jardim Botânico. Atualmente 130 artistas são responsáveis pela criação dos produtos.

Em 2020, com o fechamento temporário das lojas físicas, devido à pandemia do novo coronavírus, a rede de lojas, referência em suvenires ganhou um site de vendas online.

Incentivos aos eventos

A redução da alíquota do ISS de 5% para 2% para eventos, sancionada pelo prefeito Rafael Greca no fim de 2017, refletiu em um crescimento de 8,3% no número de eventos realizados na capital em 2019.

Ao longo dos últimos quatro anos, grandes eventos contaram com o apoio do IMT, como o 25º Congresso Mundial da IUFRO, uma organização internacional de pesquisas florestais. Trouxe para a capital 2,5 mil especialistas de todo o mundo.

Outros eventos que deram grande visibilidade turística à capital foram o Experiência Braztoa Sul 2019, que reuniu 75 operadores e 600 agentes de viagens brasileiros; o International Cardiology Meeting, congresso internacional com a participação, de 2,5 mil cardiologistas do mundo todo; e o concerto de Paul McCartney, que recolocou Curitiba no calendário de shows internacionais.

O Smart City Expo World foi sediado em Curitiba em 2018 e 2019). O evento é chancelado pela Fira Barcelona. Na primeira edição recebeu 5,4 mil pessoas e em 2019 teve um crescimento de 25%, contando com 6,7 mil visitantes.

Curitiba Mais

Em fevereiro de 2018, com o lançamento do programa, foram realizadas várias ações com o objetivo de atrair mais eventos e turistas, como a redução do ISS, a melhoria no apoio a eventos e a produção de vídeos e matérias específicas para esses mercados. Foi criado um guia de espaços para eventos, plataforma online com informações para ajudar produtores de congressos, feiras e shows que pretendem trabalhar em Curitiba.

O Decreto nº 25/2018, assinado pelo prefeito Rafael Greca no mesmo ano, possibilita que terceiros usem espaços públicos municipais para atividades específicas e transitórias, a ação está vinculada a redução de ISS para eventos.

Retomada das pesquisas

Em julho de 2018, foi retomada a Pesquisa de Demanda Turística da cidade que não era realizada desde 2012.

Madeira nas Arcadas

Em dezembro de 2019, o IMT inaugurou o espaço, que renova a ocupação da Galeria das Arcadas de São Francisco, na Praça João Candido. O espaço comercializa arte e peças autorais em madeira sustentável.

Com trabalhos artesanais em marchetaria e junk jornal, Vera Lucia Eifler faz parte do coletivo Madeira nas Arcadas. Com as adequações impostas pela pandemia do novo coronavírus, Vera se inscreveu em várias consultorias oferecidas pelo IMT em parceria com o Sebrae/PR e se prepara para a retomada econômica.

“Um mundo de possibilidades está se abrindo. Eu achava que todos os movimentos de alavancagem na mídia eram pagos, que não eram para mim e estou aprendendo que não é bem assim”, conta Vera.

Roteiros e novos eventos

Em 2018, foi lançado o inédito tour gratuito Walking tour História por onde se Anda, com passeios pelo Centro Histórico. Dez roteiros do programa Curitibéra servem de apoio aos produtores de cerveja artesanal da região. A campanha Inverno em Curitiba - Aqueça sua Programação divulgou as atrações culturais e gastronômica da época; e o mapa turístico Curta Curitiba Piazada é dedicado às crianças.

Em 2018 e 2019 foram realizados os Festivais Sabores do Pinhão, com realização da Secretaria de Segurança Alimentar e Nutricional.

Além disso, o IMT divulgou o destino Curitiba em sete feiras nacionais e internacionais, que receberam 35 mil agentes de viagem; e apoiou mais de 60 eventos.

Principais ações do turismo durante a pandemia

O setor enfrentou um dos momentos mais desafiadores de sua história em 2020, trazido pela pandemia da covid-19 Entre as ações realizadas estão:

- Plataforma digital da Feirinha do Largo da Ordem - criado pelo Instituto Municipal de Turismo, o site https://feiradolargo.curitiba.pr.gov.br é baseado em imagens dos produtos dos artesãos. A plataforma é uma importante alternativa durante o período de isolamento social e atende, além dos artesãos, designers que produzem souvenirs na loja #CuritibaSuaLinda.

Para a artesã Joslany Mello Moreira, 52 anos, o momento é de adaptação. Há 16 anos que ela vendia suas bonecas e bichinhos de pano na Feira do Largo da Ordem, mas agora tudo mudou. Ela adotou a plataforma de vendas online e o pequeno negócio ganhou sua primeira loja virtual. Está surpresa com o aumento nas vendas.

“Antes, a Feira acontecia apenas aos domingos e com o grande número de opções de produtos nem sempre eu vendia ou fechava uma encomenda. Agora, com o site, tenho a oportunidade de vender todos os dias”, afirma Joslany.

- Setor criativo - o Liceu de Ofícios Criativos, criado para promover a formação de produtores criativos da cidade, também se readaptou e foi adequado ao mundo digital, dando todo o apoio e cursos via EAD. Desde abril, passou a oferecer capacitações de gestão, criatividade, marketing, finanças e inovação, com o intuito de alavancar as vendas online dos artesãos.

Para estimular uma rede de negócios entres os criativos, o Liceu lançou o Conexões Criativas. No YouTube foram realizadas 65 videoaulas que obtiveram 3.553 visualizações; no Facebook foram 68 lives com 28.440 visualizações.

Plano de retomada da atividade turística de Curitiba

O Conselho Municipal de Turismo criou uma comissão de enfrentamento para propor estratégias que auxiliem o trade. Por causa da pandemia houve uma queda de aproximadamente 40% na demanda turística em Curitiba, no primeiro semestre de 2020, se comparado ao mesmo período de 2019.

Além disso, uma parceria entre o Instituto Municipal de Turismo (IMT) e o Sebrae/PR, com apoio da Agência Curitiba, está auxiliando micro e pequenas empresas na retomada econômica. O conjunto de ações oferece consultoria tecnológica, de gestão de negócio e conduta segura para os empresários que pretendem expandir seus negócios para a web, orientando na criação de sites, aplicativos e e-comerce, finanças, inovação, entre outros, de forma gratuita.

Karla Sottomaior é sócia-proprietária do Hotel Blumenau, que tem 43 anos de história. Ela sente que o momento é oportuno para inovar e conquistar novos públicos. Karla se inscreveu em diversas consultorias (finanças, mídias sociais, inovação e marketing), conta que já teve um contato inicial e que está aguardando o agendamento com os consultores.

“É muito importante para nós nesse momento de retomada buscarmos soluções para o futuro e criarmos um plano estratégico. O apoio do Sebrae e do Instituto Municipal do Turismo não poderia ser mais oportuno”, comenta Karla.

Natal de Curitiba encanta os turistas

O Natal que conquistou o país ao longo dos anos não cresceu apenas em número de espetáculos, mas sobretudo em público. Na primeira edição, em 2017, o público foi de 300 mil pessoas. Em 2018, o número mais que dobrou, atingindo 637.625. Em 2019 deu um novo salto para 746.040.

O reconhecimento nacional estimulou o crescimento do calendário, que já é a maior programação gratuita de fim de ano do país. Em 2017, foram 68 eventos; em 2018, 120 espetáculos e, em 2019, chegou a mais de 160 atrações em toda a cidade.

Também houve impacto positivo na economia local.

Em 2018, foram movimentados R$ 60,6 milhões na economia local com o Natal, um aumento de 14,3% em comparação ao mesmo período de 2017 (R$ 53 milhões). Em 2019, foram R$ 71 milhões. Somadas as três edições, foram movimentados cerca de R$ 185 milhões.

O Natal de 2019 se destacou pela programação, que incluiu carrossel, trenzinho e auto do Natal Condor no Passeio Público e a roda-gigante da Vila de Natal Electrolux da Praça Santos Andrade.

Já a quarta edição, em 2020, se adequou ao período de pandemia causado pelo novo coronavírus. A programação teve espetáculos ao ar livre com controle de público, atenção aos protocolos de segurança sanitária e experiências no sistema drive-thru e exibições via plataformas de streaming on-demand.

Os principais cartões-postal de Curitiba e as Ruas da Cidadania, ganharam decoração especial com as Árvores de Natal e rosáceas luminosas.

As novidades ficaram por conta dos espetáculos natalinos drive-thru nos parques Barigui, Passeio Público e Náutico, com o público tendo a inédita experiência de percorrer de carro as encenações cheias de brilho, música e emoção. Teve ainda Ópera nas janelas do Restaurante Madalosso, que foi acompanhado pelo público de dentro dos carros.

Quer compartilhar?