Ir para conteúdo

Ecossistema Curitiba Destino Turístico Inteligente apresenta iniciativas em painel na Fidi

Feira Internacional de Destinos Turísticos Inteligentes

  • Feira Internacional de Destinos Turísticos Inteligentes
  • Feira Internacional de Destinos Turísticos Inteligentes
  • Feira Internacional de Destinos Turísticos Inteligentes
  • Feira Internacional de Destinos Turísticos Inteligentes
  • Feira Internacional de Destinos Turísticos Inteligentes
  • Feira Internacional de Destinos Turísticos Inteligentes
  • Feira Internacional de Destinos Turísticos Inteligentes
  • Feira Internacional de Destinos Turísticos Inteligentes
  • Feira Internacional de Destinos Turísticos Inteligentes
  • Feira Internacional de Destinos Turísticos Inteligentes

O auditório da Biblioteca Pública do Paraná recebeu nesta terça-feira (19/3) uma parte da programação da Feira Internacional de Destinos Turísticos Inteligentes (Fidi), com painéis sobre inovações no turismo, sendo um deles apresentado pelo Ecossistema Curitiba Destino Turístico Inteligente.

Os membros do ecossistema apresentaram desde os conceitos e diretrizes que seguem em seus projetos, até grupos de trabalho concretos e suas ações em Curitiba. As ações apresentadas foram um passo importante para a capital paranaense ser premiada no último domingo (17/3) com o prêmio Ibero-Americano de Destinos Turísticos Inteligentes no segmento Destino, na categoria Inovação. 

O Ecossistema 

Com 54 participantes de 25 entidades dos setores público, privado, academia e comunidade, o Ecossistema Curitiba DTI atua em nove eixos: governança, sustentabilidade, inovação, tecnologia, marketing, criatividade, mobilidade, segurança,  acessibilidade e experiência.

Além de se reunir mensalmente para acompanhar as atualizações e realizar planejamento estratégico, o Ecossistema atua através de Grupos de Trabalho, sendo alguns deles apresentados no painel desta terça, como “Acessibilidade Universal, Sustentabilidade, Mobilidade e Transporte”, divulgado por uma das representantes do setor privado, Cristina Mandaji Vicentini, que relatou a experiência com um case realizado no Jardim Botânico de Curitiba.

“O nosso trabalho é muito gratificante, na primeira visita técnica do GT ao Jardim Botânico nos deparamos com as obras da Prefeitura de acessibilidade no espaço, e os membros do grupo tiveram a oportunidade de sugerir melhorias e vê-las sendo implantadas pelo bem dos turistas”, conta Cristina.

O painel foi apresentado por membros do Curitiba DTI: o  coordenador de gestão do DTI do Instituto Municipal de Turismo, Wellington Rafael Medeiros; a gerente de turismo do Sebrae Curitiba, Marcia Giubertoni; o assessor da Presidência da Fecomércio Paraná, Giovanni Diego Cauduro Bagatini; a consultora de Hotelaria e Turismo da Mandaji Consultoria Hoteleira, Cristina Mandaji Vicentini; o CEO da Wifi Wiz, Giancarlo Boaron; e a diretora executiva da Hospeda Eventos, Fernanda Skraba.

Fidi 

A Feira Internacional de Destinos Turísticos Inteligentes (Fidi) é uma realização do Instituto Cidades do Futuro e da Fundação Ciudad de La Plata com o apoio da Prefeitura de Curitiba e do Instituto Municipal de Turismo, e ocorreu entre os dias 17, 18 e 19 de março, com presença de 42 palestrantes de diferentes lugares do mundo, como  Espanha, Colômbia, Peru, Argentina, Panamá, Paraguai, Uruguai e Equador.

“Para o turismo de Curitiba, receber a Fidi foi uma oportunidade singular de apresentar o trabalho que está sendo feito pelo setor no tema DTI. Nossa cidade se destaca principalmente no âmbito de governança, muito por conta do próprio Ecossistema, que integra o público e o privado com excelência, aproximando soluções inovadoras e tecnológicas ao turismo”, disse a presidente do Instituto Municipal de Turismo, Tatiana Turra.

Quer compartilhar?