Ir para conteúdo

Feiras de Arte e Artesanato dos Bairros terão 151 novas vagas

Feiras de Arte e Artesanato dos Bairros

  • Feiras de Arte e Artesanato dos Bairros
  • Feiras de Arte e Artesanato dos Bairros
  • Feiras de Arte e Artesanato dos Bairros
  • Feiras de Arte e Artesanato dos Bairros

 

As Feiras de Arte e Artesanato de Bairros, promovidas pelo Instituto Municipal de Turismo, estão com edital aberto para novas inscrições. Serão 151 vagas e o credenciamento será realizado exclusivamente on-line no Portal Curitiba Criativa, das 0h do dia 21 até as 23h59 do dia 22 de junho.

Produtos afros

Além das 16 feiras já tradicionais, a novidade é o lançamento da nova feira na Praça Zumbi dos Palmares, com a oferta de 16 vagas exclusivas para produtos afros. A nova feira é uma ação voltada para as políticas públicas de igualdade étnico racial. 

A Praça Zumbi dos Palmares homenageia o líder do Quilombo dos Palmares e conta com espaço para eventos e ampla estrutura para atividades físicas. A feira vai acontecer um domingo por mês, das 13h às 18h, na Rua Lothário Boutin, 289, no Pinheirinho.

Setor criativo

As feiras de artesanato de Curitiba oferecem diferentes produtos manuais, selecionados com critérios baseados em características próprias desta técnica. São itens que vão do mais básico objeto utilitário até a mais fina peça de decoração, resultado do uso de diferentes materiais, como bordados, cerâmica, patchwork.

Para participar do edital, os produtos devem ser artesanais ou artísticos (artes plásticas), feitos pelo próprio expositor, sendo proibida a comercialização de produtos importados, industrializados ou objeto de revenda. 

Vagas

Serão ofertadas 151 vagas de artesanato para as 16 Feiras de Artesanato de Bairros, 16 vagas de artesanato específico de produtos ligados a cultura afrodescendente para a nova Feira na Praça Zumbi dos Palmares, 2 vagas para colecionismo para a Feira da Praça da Ucrânia e 10 vagas para a Feira de Artes Plásticas, na Luiz Xavier.

Clique aqui para acessar o edital e seus anexos. 

LEIA TAMBÉM

Quer compartilhar?