Ir para conteúdo

Feiras de Artesanato recebem R$ 490 mil para revitalização

recursofeiras

  • recursofeiras
  • recursofeiras
  • recursofeiras
  • recursofeiras
  • recursofeiras

A Prefeitura e a Fundação Banco do Brasil assinaram na manhã desta quinta-feira (11) dois acordos que garantem investimentos de R$ 490 mil para revitalização das Feiras de Arte e Artesanato de Curitiba. A verba também será destinada à capacitação de agentes de turismo. O recurso é do Ministério do Turismo e será gerenciado pelo Instituto Municipal de Turismo. "Temos que valorizar nossas Feiras, que são importantes atrativos para o turismo em nossa cidade", afirmou o presidente do Instituto de Turismo, Luiz de Carvalho.

Para o diretor da agência de governo do Banco do Brasil em Curitiba, Luiz Antônio Digiovani, os investimentos irão contribuir para o aquecimento do turismo no município e ainda oferecer mais qualidade ao setor, servindo como fonte de informações e divulgação do turismo para todo o Brasil.

Do valor total do recurso, cerca de R$ 40 mil serão destinados à capacitação de agentes de turismo e R$ 450 mil em melhorias na infra-estrutura e qualificação das atividades nas feiras. "A qualidade dos produtos, especialmente dos alimentos vendidos nas feiras, é priorizada para garantir aos consumidores sempre os melhores produtos", disse Carvalho.

A vereadora Julieta Reis, que também participou da assinatura dos convênios, afirmou que as Feiras de Artesanato em Curitiba já contribuem com cerca de 20% na taxa de empregos. "Sem a existência destas feiras, o desemprego seria muito maior em nossa cidade", disse a vereadora.

Curitiba conta hoje com 23 Feiras de Artesanato. A Feira do Largo da Ordem é a mais freqüentada, recebendo em média 18 mil pessoas, que passam as manhãs de domingo conhecendo o artesanato curitibano oferecido por mais de mil expositores.

Quer compartilhar?