Ir para conteúdo

Feirinha do Largo da Ordem passa para Secretaria de Turismo

feirinha1

  • feirinha1
  • feirinha1
  • feirinha1
  • feirinha1
  • feirinha1
  • feirinha1

A prefeitura vai reformular a Feira de Artesanato do Largo da Ordem, criada há 34 anos. A coordenação, que era da Fundação da Ação Social (FAS) passa a ser feita pela Secretaria Municipal de Turismo e ainda neste semestre será feito o recadastramento dos 1.200 expositores.

"A feirinha é um grande produto turístico da cidade e a troca de área feita pela atual gestão atende a uma antiga reivindicação dos artesãos", declara o secretário de Turismo, Luiz de Carvalho.

O recadastramento, explica o secretário, tem como objetivo resgatar a principal função da feira, que é divulgar e preservar o trabalho artesanal.

"A introdução de produtos industrializados nos últimos 10 anos causou uma certa distorção e a feirinha perdeu parte dessa característica artesanal", avalia o secretário.

Com o recadastramento, que será feito ainda neste semestre, a prefeitura pretende conhecer melhor o tipo de produto, inclusive com visitas aos ateliês de criação dos artistas. O mapeamento também irá nortear possíveis aberturas de novas vagas.

Outros estudos serão desenvolvidos ao longo do ano para melhorar a distribuição dos expositores e a circulação da feira. Uma primeira idéia é organizar os expositores por setor.

Criada oficialmente em 1971, a Feirinha recebe a cada domingo uma média de 15 mil visitantes. Realizada no Largo da Ordem, a feira trouxe para o setor histórico da cidade, artistas, artesãos, antiquários, colecionadores, famílias e se transformou, no decorrer dos anos, no maior ponto de encontro da cidade.

A Feira é uma mescla das mais variadas manifestações artísticas - além do artesanato reúne música, teatro, gastronomia, e literatura - e ponto de encontro de personalidades conhecidas da cidade, como a artista Efigênia Rolim de Moura, que trabalha com reciclagem de material e poesia.

Quer compartilhar?