Ir para conteúdo

Luzes, cores e emoção marcam estreia do Oratório de Natal do Tanguá, que pode ser visto até sexta

Oratório de Natal do Tanguá

  • Oratório de Natal do Tanguá
  • Oratório de Natal do Tanguá
  • Oratório de Natal do Tanguá
  • Oratório de Natal do Tanguá
  • Oratório de Natal do Tanguá
  • Oratório de Natal do Tanguá
  • Oratório de Natal do Tanguá
  • Oratório de Natal do Tanguá
  • Oratório de Natal do Tanguá
  • Oratório de Natal do Tanguá
  • Oratório de Natal do Tanguá
  • Oratório de Natal do Tanguá
  • Oratório de Natal do Tanguá
  • Oratório de Natal do Tanguá
  • Oratório de Natal do Tanguá
  • Oratório de Natal do Tanguá
  • Oratório de Natal do Tanguá
  • Oratório de Natal do Tanguá
  • Oratório de Natal do Tanguá
  • Oratório de Natal do Tanguá
  • Oratório de Natal do Tanguá
  • Oratório de Natal do Tanguá
  • Oratório de Natal do Tanguá
  • Oratório de Natal do Tanguá
  • Oratório de Natal do Tanguá
  • Oratório de Natal do Tanguá
  • Oratório de Natal do Tanguá
  • Oratório de Natal do Tanguá
  • Oratório de Natal do Tanguá
  • Oratório de Natal do Tanguá
  • Oratório de Natal do Tanguá
  • Oratório de Natal do Tanguá
  • Oratório de Natal do Tanguá
  • Oratório de Natal do Tanguá
  • Lucas Matheus Silvano, de 24 anos, tem Síndrome de Down e foi com a mãe, a apose

Conhecido como local privilegiado para curtir o pôr do sol, o Parque Tanguá foi, na noite fria e com garoa de terça-feira (20/12), palco especial para a estreia do Oratório de Natal do Tanguá, uma superprodução que narra com muita emoção e beleza o nascimento do menino Jesus. O espetáculo de luzes, cores, cantores e bailarinos reuniu centenas de famílias que enfrentaram o clima e lotaram o parque para prestigiar o espetáculo que foi a última estreia do Natal de Curitiba - Luz dos Pinhais 2022, a maior programação gratuita do país no período.

O show natalino produzido pela Fundação Cultural de Curitiba é uma verdadeira ópera ao ar livre. Reúne quase 40 artistas, entre arautos em perna de pau, atores, cantores e bailarinos, que usando figurinos primorosos, adornados com brilho, cores, lantejoulas e luzes de LED, representam personagens do Evangelho. Cantando e dançando, em meio ao cenário que reúne a beleza natural e arquitetônica do Tanguá à caprichosa decoração natalina, o elenco espalhou calor humano e conduziu as pessoas a refletirem sobre o espírito de amor e de esperança da festa cristã.

A encenação será repetida até sexta-feira (23/12), sempre às 19h30.

O prefeito Rafael Greca fez a abertura do evento, saudando com emoção adultos e crianças e agradecendo os Colégios Marista e a Pontifícia Universidade Católica do Paraná, que estão entre os patrocinadores do Natal de Curitiba.

 

“A boa história do nascimento de Jesus é o momento que Deus foi encarnar no seio de Maria Santíssima e gerar dentro de uma mulher seu filho. O mistério do Natal é que pela sua graça Deus nos deu o poder de sermos chamados seus filhos. Somos irmãos do filho de Deus, somos filhos de Deus, feitos à Sua imagem e semelhança”, disse Greca.

 

Fogos de artificio

A emoção tomou conta do espaço. Adultos e crianças cantaram e dançaram embalados pelo sentimento de paz e amor do espetáculo. Antes do show de fogos de artificio - apoteose da encenação, que encheu de luz e cores o céu - o público deu sua contribuição, iluminando o parque usando as lanternas dos aparelhos celulares e cantando em coro a música Aleluia de Hendel.

Pessoas com deficiência auditiva puderam aproveitar o espetáculo que teve a interpretação em Libras (Língua Brasileira de Sinais) em tempo real. O trabalho foi realizado por Sandra Mara Mathias e Sônia Franco de Paula, interpretes da Central de Libras da Prefeitura.

Na entrada do Tanguá, entre os espelhos d’água do Jardim Poty Lazzarotto e o Belvedere, os visitantes passavam pelo Carrossel de Luz Marista, que encanta adultos e crianças. Este ano, o carrossel do Tanguá conta com o patrocínio dos Colégios Marista. O brinquedo que recepciona quem chega ao parque é também o início da experiencia que a atração promove.

Usando adereços natalinos, com capa e gorro de Papai Noel, a família do servidor público federal Luciano Turin aproveitou ao máximo toda a atração, iniciando a experiência no carrossel. Ele estava acompanhado da mulher, a administradora Tatiane Tyski, e dos filhos Caroline, 8 anos, e Tiago, 7 anos.

“Levamos as crianças em todas as atrações do Natal de Curitiba e adoramos todas. Queremos que eles entendam que Natal é viver a cidade e os sentimentos de amor, encantamento e vida e não a loucura dos shoppings centers e de presentes”, disse Tatiane.

A educadora infantil Viviane Duarte agasalhou muito bem as filhas Maria Eduarda, 7 anos, e Ana Clara, 4 anos, e as levou para o parque para curtirem o clima da festa. “O frio não nos intimidou, viemos aproveitar mais essa atração do Natal da nossa cidade. Temos ido em todas e é difícil saber em qual delas aproveitamos mais pela beleza do que temos visto”, disse Viviane.

Inclusão

Lucas Matheus Silvano, de 24 anos, tem Síndrome de Down e foi com a mãe, a aposentada Elizete Wosch, ao evento. Andou no carrossel e aproveitou a programação. “Lindo, muito bonito”, declarou Lucas.

Assistiram ao espetáculo a presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Ana Castro; a presidente do Instituto Municipal de Turismo, Tatiana Turra; a secretária municipal da Comunicação Social, Cinthia Genguini; o secretário municipal de Planejamento, Finanças e Orçamento, Cristiano Hotz; o assessor de Articulação Política, Lucas Navarro; e a assessora especial do gabinete do prefeito Cibele Dias. Estiverem presentes também o cônsul adjunto do Japão, Kazuu Wakaeda, e o vice-cônsul do Japão, Kanon; a cônsul de Luxemburgo, Adriana Viana; e o controlador do município, Daniel Falcão.

Outras presenças foram do presidente da Urbs, Ogeny Maia Neto; o presidente do Instituto Municipal de Administração Pública, Alexandre Matschinske; a administradora da Regional Boa Vista, Janaína Lopes Gehr; o vereador Mauro Inácio; e o secretário municipal de Desenvolvimento da Região Metropolitana, Leverci Silveira Filho.

Quer compartilhar?