Ir para conteúdo

Novas araucárias e placa comemorativa marcam aniversário do Jardim Botânico

Novas araucárias e placa comemorativa marcam aniversário do Jardim Botânico

  • Novas araucárias e placa comemorativa marcam aniversário do Jardim Botânico
  • Novas araucárias e placa comemorativa marcam aniversário do Jardim Botânico
  • Novas araucárias e placa comemorativa marcam aniversário do Jardim Botânico
  • Novas araucárias e placa comemorativa marcam aniversário do Jardim Botânico
  • Novas araucárias e placa comemorativa marcam aniversário do Jardim Botânico
  • Novas araucárias e placa comemorativa marcam aniversário do Jardim Botânico
  • Novas araucárias e placa comemorativa marcam aniversário do Jardim Botânico
  • Novas araucárias e placa comemorativa marcam aniversário do Jardim Botânico
  • Novas araucárias e placa comemorativa marcam aniversário do Jardim Botânico
  • Novas araucárias e placa comemorativa marcam aniversário do Jardim Botânico
  • Novas araucárias e placa comemorativa marcam aniversário do Jardim Botânico
  • Novas araucárias e placa comemorativa marcam aniversário do Jardim Botânico
  • Novas araucárias e placa comemorativa marcam aniversário do Jardim Botânico
  • Novas araucárias e placa comemorativa marcam aniversário do Jardim Botânico
  • Novas araucárias e placa comemorativa marcam aniversário do Jardim Botânico
  • Novas araucárias e placa comemorativa marcam aniversário do Jardim Botânico
  • Novas araucárias e placa comemorativa marcam aniversário do Jardim Botânico
  • Novas araucárias e placa comemorativa marcam aniversário do Jardim Botânico
  • Novas araucárias e placa comemorativa marcam aniversário do Jardim Botânico
  • Novas araucárias e placa comemorativa marcam aniversário do Jardim Botânico


Sete novas árvores, uma placa comemorativa e bolo fecharam a celebração dos 30 anos do Jardim Botânico de Curitiba, nesta sexta-feira (8/10). O plantio de quatro Araucarias araucanas e três Araucarias heterophyllas na coleção Araucárias do Mundo foi feito pelo prefeito Rafael Greca e pelo vice-prefeito Eduardo Pimentel.

Eles foram acompanhados pelo procurador-geral do Ministério Público do Paraná, Gilberto Giacóia, fã do poema Velhas Árvores de Olavo Bilac, eternizado na placa que marca as três décadas da unidade de conservação. E também pelas secretárias do Meio Ambiente, Marilza do Carmo Oliveira Dias; e da Educação, Maria Silvia Bacila.

“Lembro quando o então prefeito Jaime Lerner fez a abertura deste jardim, ainda com a estufa recebendo os vidros. Hoje, 30 anos depois, nosso orgulho de Curitiba recebe mais de 1 milhão de visitantes por ano e é um lugar predestinado para a preservação da natureza”, disse Greca.

O prefeito enumerou os atrativos do Jardim Botânico para os alunos da Escola Municipal Professor Enéas Marques dos Santos, que fizeram desenhos comemorativos aos 30 anos e foram acompanhar a solenidade. Além da estufa e da Galeria das Quatro Estações, Greca destacou o bosque nativo, que já foi a chácara do Barão de Capanema, que visitou o local com Dom Pedro II.

E teve bolo

Na área do café-escola do Senac, na Galeria das Quatro Estações, foi servido um bolo no formato do número 30. Além das autoridades, os turistas e visitantes que passavam por ali eram convidados a comer um pedaço para celebrar o aniversário.

Acompanharam a comemoração, a presidente do Instituto Municipal de Turismo, Tatiana Turra; a administradora da Regional Matriz, Rafaela Lupion; o assessor de articulação política Lucas Navarro de Souza; o superintendente de Obras e Serviços da Secretaria do Meio Ambiente, Jean Brasil; o diretor de Produção Vegetal, José Roberto Roloff; e o gerente executivo do Senac, Marco Antônio Biss. 

Jardim das Sensações

Na terça-feira (5/10), dia do aniversário, foi reaberto o Jardim das Sensações, que ficou fechado durante as piores fases da pandemia da covid-19. Um canteiro comemorativo, com o número 30 e a silhueta da estufa, também marca o aniversário. São cerca de mil mudas de begônias formando o desenho.

Os visitantes podem ver, também, a escultura Amor Materno, de Zaco Paraná, totalmente restaurada. O trabalho, feito em conjunto com a Fundação Cultural de Curitiba, foi realizado especialmente para o aniversário. 

Recentemente, o Jardim Botânico ganhou, ainda, o café-escola do Senac, na também nova Galeria das Quatro Estações. E, uma limpeza total na estufa, que continua fechada por mais um tempo por conta da pandemia.  

O Jardim Botânico

Inaugurada em 1991, a unidade de conservação é uma área protegida e que abriga, além de um bosque com nascentes, coleções de plantas vivas para estudo e pesquisa. A cada ano mais de um milhão de pessoas passam pelo Jardim Botânico, que é o maior ponto de desembarques dos ônibus da Linha Turismo. A pista de caminhada que circula o bosque nativo é também uma opção para os curitibanos que buscam um estilo de vida mais equilibrado e saudável.

Os 278 mil metros quadrados de área do Jardim Botânico Francisca Maria Garfunkel Rischbieter, seu nome oficial, abrigam ainda o Museu Botânico, um auditório e o quarto maior herbário do Brasil, que atrai pesquisadores de todo o mundo com as mais de 400 mil exsicatas (amostras de plantas prensadas para estudo).
 

Quer compartilhar?