Ir para conteúdo

Pesquisa mostra que turismo de lazer dobrou em Curitiba

Pesquisa mostra que turismo de lazer dobrou em...

O número de viagens motivadas por lazer dobrou em Curitiba nos últimos seis anos. É o que mostra a mais recente Pesquisa de Demanda Turística, feita na cidade no ano passado.

Em 2018, 1,15 milhão de pessoas vieram à capital a passeio ou descanso. Em 2012, ano da pesquisa anterior, foram 584,6 mil.

Os turistas de lazer representam 21% do total de visitantes em 2018. Curitiba recebeu 5,5 milhões de turistas no ano passado - um crescimento de 49% em comparação a 2012, quando 3,7 milhões de pessoas estiveram na capital paranaense.

O estudo, realizado pelo Instituto Municipal de Turismo, apontou também que, do total de turistas de 2018, 41,7% visitaram na capital por motivo de negócios e eventos.

Esforço conjunto

O prefeito Rafael Greca comemora o incremento expressivo do turismo na capital, em especial nas viagens motivadas por lazer.

“Este crescimento é resultado de um esforço conjunto da Prefeitura e do setor de turismo para promover crescimento sustentável tanto de viagens de negócios como o de lazer”, avalia Greca.

Entre as ações desenvolvidas, o município consolidou a capital paranaense no calendário nacional dos grandes eventos, com destaque para o Natal de Curitiba – Luz dos Pinhais, que reuniu mais de 70 atrações nos últimos dois anos. Também baixou de 5% para 2% o ISS para congressos, feiras e shows.

Além disso, acrescenta o prefeito, a cidade inaugurou a rede de lojas de artesanato #CuritibaSuaLinda, lançou o Rosto da Cidade, programa de revitalização e preservação do Centro Histórico em parceria com a iniciativa privada, e ampliou a Linha Turismo, que ganhou ainda um cartão de transporte personalizado.

Subsídio

De acordo com Tatiana Turra, presidente do Instituto Municipal de Turismo, as informações da pesquisa são fundamentais para compreender a evolução do turismo na cidade e servirá como subsídio para a condução da Política Pública Municipal de Turismo nos próximos anos.

“O levantamento permitirá definir prioridades de atuação, aprimorar os produtos, identificar os ajustes necessários à infraestrutura e orientar os investimentos”, justifica ela.

Com 5,5 milhões de visitantes, Curitiba é a cidade que mais recebe turistas no Paraná e o terceiro destino brasileiro de turismo de negócios entre os estrangeiros, atrás apenas de São Paulo e Rio.

A pesquisa contou com 3.170 entrevistas, realizadas por uma empresa especializada, aplicadas nos principais pontos de saída da capital (Aeroporto Afonso Pena, rodoviária, BR-116, BR-277 e BR-376) e em alguns atrativos turísticos da cidade (Jardim Botânico, Ópera da Arame, Museu Oscar Niemeyer, Torre Panorâmica, Parque Tanguá e Feira do Largo da Ordem).

O levantamento foi feito em três etapas: de 16 a 26 de julho, de 12 a 21 de outubro e de 3 a 9 de dezembro.

 

Pesquisa de Demanda Turística de Curitiba

Principal motivação da viagem
Negócio ou profissional (36,7%)
Visita de parentes e amigos (25,4%)
Lazer, passeio ou descanso (21%)
Tratamento de saúde (7,2%)
Eventos (5%)

Procedência dos turistas
São Paulo (24,6%)
Paraná (18,4%)
Santa Catarina (13,6%)
Rio de Janeiro (9,3%)
Exterior (4,8%)

Meio de transporte
Automóvel (46%)
Avião (28,3%)
Ônibus convencional (14%)
Ônibus de excursão (9,8%)
Utilitário (1,4%)

Meio de hospedagem
Hotel (48,9%)
Casa de parentes e amigos (40,3%)
Aluguel temporário (3,9%)
Albergue (3,6%)
Casa própria (2,6%)

Transporte usado na cidade
Aplicativo de transporte (30,4%)
Veículo próprio (27,5%)
Veículo de parentes/amigos (10,9%)
Ônibus público (7,6%)
Táxi (7,2%)

Despesa diária média de cada turista
R$ 274,59

Fonte: Prefeitura de Curitiba

Quer compartilhar?