Ir para conteúdo

Produtos da #CuritibaSuaLinda ganham site de vendas

Produtos da #CuritibaSuaLinda ganham site de...

  • Site CuritibaSuaLinda
  • Site CuritibaSuaLinda

Referência em suvenires com motivos da capital, a rede de lojas #CuritibaSuaLinda da Prefeitura acaba de ganhar um site de vendas on-line (confira o link). As lojas físicas estão fechadas, desde o começo de março, devido à pandemia do novo coronavírus.

O site da #CuritibaSuaLinda reúne roupas, acessórios, peças de decoração e utilidades domésticas, papelaria, fotografias, livros e lembranças diversas com temas da cidade.

A vitrine on-line é uma iniciativa da Prefeitura; da Urbanização de Curitiba (Urbs), responsável pela administração das lojas; e do Instituto Municipal de Turismo, que faz a seleção dos produtos à venda.

Para garantir a comercialização on-line, a Agência Curitiba de Desenvolvimento fechou uma parceria com a startup curitibana Olist, que integrou sua plataforma Olist Shops ao site da rede de lojas, permitindo que os consumidores escolham os itens e façam a compra por WhatsApp.

Moderna e bem otimizada, a vitrine virtual da #CuritibaSuaLinda é toda baseada em imagens dos produtos criados por artesãos, designers e artistas da capital. 

Para comprar um item do site, o usuário deve clicar no botão “Compre online” (no alto à direita), que irá direcioná-lo para a plataforma da Olist.  No ambiente virtual da Olist, há descritivos dos suvenires e preços. Ao clicar no ícone “tenho interesse”, a pessoa é redirecionada a um chat (bate-papo) pelo WhatApp com atendentes, que irão concluir a compra e orientar sobre a entrega e a forma de pagamento.

O presidente da Urbs, Ogeny Maia Neto, avalia que o site do #CuritibaSuaLinda vai permitir às pessoas terem acesso aos produtos e lembranças de Curitiba durante a pandemia, além de serem belas opções de presentes para o Dia da Mães, no próximo domingo (10/5).

Ao mesmo tempo, os fornecedores das lojas #CuritibasuaLinda também conseguem manter seus negócios durante esse período em que as lojas estão fechadas”, destaca o presidente da Urbs.

A presidente do Instituto Municipal de Turismo, Tatiana Turra, lembra que, no mês passado, o município e a startup Olist já tinham fechado parcerias para cadastrar artesãos e feirantes da capital na plataforma on-line Olist Shops. Além disso, o município lançou o site da Feira do Largo da Ordem, que hoje já conta com 407 artesãos.

“Com estas iniciativas, a ideia é oferecer novas experiências de venda para empreendedores e comerciantes de Curitiba. Muitos, inclusive, estão dando os primeiros passos no comércio eletrônico”, reforça ela.

CEO do Olist, Tiago Dalvi afirma que a parceria com a Prefeitura reforça o propósito de empoderar o comércio.

Nosso objetivo é que esses empreendedores consigam recuperar a receita durante este período de isolamento e também aumentar sua cobertura a novos públicos que não atingiriam fora do online", justifica.

O artesão Hudson Luiz da Silva, que fornece para a #CuritibaSuaLinda suvenires com motivos de Curitiba com a marca Woodson – Arte em Madeira, comemorou o lançamento do site da rede da Prefeitura.

Neste momento, em que as lojas estão fechadas, é uma alternativa para compra dos meus produtos e de outros artesãos da cidade”, justifica ele, que criou para as lojas abridores de garrafa e petisqueiras em formato de pinhão, além de cuias de chimarão.

Hudson também está no site da Feira do Largo da Ordem com outros itens em madeira, como taboas de churrasco, canecas de chope, potes e bowls.

Missão

 

A primeira loja da rede #CuritibaSuaLinda, no Palacete Wolf, foi inaugurada em 2018. Além da unidade no Largo da Ordem, também há pontos no Mercado Municipal, na Torre Panorâmica e no Espaço Cultural David Carneiro.

A rede tem como missão permitir ao turista materializar a experiência de visitar nossa capital e, ao curitibano, expressar o sentimento de pertencimento à cidade, através de um presente adquirido nas unidades da Prefeitura. As lojas também ajudam a valorizar os artesãos, designers e artistas locais, bem como resgatar técnicas artísticas e artesanais.

Fonte: Prefeitura de Curitiba

Quer compartilhar?