Ir para conteúdo

Referência em turismo inteligente, Curitiba recebe feira internacional de 17 a 19 de março

Feira Internacional de Destinos Inteligentes

  • Feira Internacional de Destinos Inteligentes
  • Feira Internacional de Destinos Inteligentes
  • Feira Internacional de Destinos Inteligentes
  • Feira Internacional de Destinos Inteligentes
  • Feira Internacional de Destinos Inteligentes
  • Feira Internacional de Destinos Inteligentes

Curitiba receberá, a partir do próximo domingo (17/3), a Feira Internacional de Destinos Inteligentes (Fidi), um evento pioneiro que promete transformar ainda mais a experiência turística na capital paranaense. A cidade foi escolhida para receber o fórum, inclusive, por já ser referência em iniciativas de turismo inteligente.

“A Feira Internacional de Destinos Inteligentes representa um marco importante para Curitiba e para o turismo brasileiro como um todo, destacando o compromisso da cidade em se tornar uma referência mundial em turismo inteligente e sustentável”, declara o prefeito, Rafael Greca. 

Até 19 de março, a Fidi proporcionará aos visitantes uma imersão no universo dos destinos turísticos inteligentes e uma oportunidade de explorar e desfrutar da cidade e seus principais atrativos.

 

Capital é destaque nacional como DTI

Curitiba, que já vem trabalhando com o modelo de Destino Turístico Inteligente (DTI) desde agosto de 2020, em parceria com o Sebrae-PR, ativou o Ecossistema Curitiba DTI. Esse ecossistema, composto por atores dos setores público, privado e acadêmico, tem se reunido mensalmente para discutir e planejar iniciativas que visam tornar Curitiba um destino turístico inteligente até 2030.

O Mapa Estratégico Curitiba DTI, resultado dessas reuniões, estabelece os dez eixos estratégicos que caracterizam um Destino Turístico Inteligente: Governança, Tecnologia, Inovação, Sustentabilidade, Acessibilidade, Promoção e Marketing, Criatividade, Mobilidade e Transporte, Segurança e, exclusivamente para Curitiba, Experiência.

Investimentos consolidam o destino

Nos últimos anos, Curitiba tem se destacado como um dos principais destinos turísticos do Brasil, sendo considerada o terceiro destino mais procurado do País por estrangeiros que buscam por negócios e eventos. Com uma série de iniciativas inovadoras, a capital paranaense tem atraído cada vez mais visitantes, tanto para fins corporativos quanto de lazer.

Uma das estratégias adotadas é a redução da alíquota do Imposto Sobre Serviços (ISS) de 5% para 2% para eventos, o que tem incentivado a realização de grandes shows na cidade. Artistas internacionais, como Paul McCartney, Coldplay e Red Hot Chili Peppers, têm escolhido Curitiba para se apresentar.

Além disso, investimentos na revitalização e acessibilidade das atrações turísticas locais têm proporcionado uma experiência mais atrativa para os visitantes. A cidade também tem se empenhado na capacitação do setor de turismo, oferecendo cursos através da Escola de Turismo, uma iniciativa pioneira no país que abrange áreas como hotelaria, gastronomia e receptivo.

Dentre as iniciativas que surgiram nesse contexto, destacam-se a rede de lojas de souvenires #CuritibaSuaLinda, que tem feito sucesso até mesmo na internet com seu e-commerce e que abriu recentemente uma unidade na área de embarques do Aeroporto Afonso Pena, e o Liceu de Ofícios Criativos, que oferece capacitação para os expositores das feiras de artesanato locais, como a tradicional do Largo da Ordem, que ocorre aos domingos.

Eventos como o Inverno Curitiba oferecem uma ampla programação e a edição 2024 está repleta de surpresas, incluindo atividades de gastronomia, cultura, arte, artesanato e formação étnica. O evento será lançado em junho em Buenos Aires.

Outro ponto alto é o "Natal de Curitiba – Luz dos Pinhais", que se consolidou como a maior programação gratuita de fim de ano do Brasil. Com mais de 100 atrações, o evento atrai milhões de espectadores e impulsiona a economia local.

Uma imersão em experiências

Na Fidi, os participantes terão acesso a palestras e exposições de alto nível, espaços de networking, dez circuitos temáticos, um aplicativo exclusivo, mais de 30 palestrantes internacionais, estações temáticas e uma área recreativa com praça gastronômica, além de atividades culturais e artísticas.

O evento é apoiado pelos governos de Curitiba e Montevidéu, organizado pelo Instituto Cidades do Futuro e Associação de Universidades Grupo Montevidéu, com o apoio de Segittur (Espanha) e Rede Ibero-Americana de Destinos Turísticos Inteligentes, e a participação e chancela da Universidade da República (Uruguai), Universidade Federal do Paraná (Brasil), Universidades Nacionais de La Plata, Mar del Plata, e do Nordeste (Argentina) e Universidade Colegio Mayor de Antioquia (Colômbia).

Quer compartilhar?